Os três irmãos sempre trabalharam no campo. Foto: ACS/PR

No dia a dia de uma Agência da Previdência Social (APS),  os servidores se surpreendem com histórias curiosas sobre os cidadãos atendidos. Um desses casos peculiares foi registrado em Assis Chateaubriand, no meio oeste do Paraná, onde irmãos trigêmeos fizeram o pedido das suas aposentadorias por idade na mesma data.

Os três irmãos são lavradores, solteiros e residem juntos em uma propriedade rural. José, Joventino e Joaquim da Silva adquiriram o direito à aposentadoria no dia nove de maio, quando completaram 60 anos de idade. Naturais de São Paulo, mudaram-se com os pais para Formosa do Oeste, município com cerca de oito mil habitantes, ainda em 1969, onde moram e trabalham até hoje. Filhos de agricultores, desde a infância exerceram somente a atividade rural, a única fonte de renda da família. (mais…)

Ministro Carlos Gabas e Alberto Broch se cumprimentam

Ministro Carlos Gabas e Alberto Broch se cumprimentam

O ministro da Previdência Social, Carlos Eduardo Gabas, reiterou em reunião com a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), nesta segunda-feira (2), a disposição do governo para dialogar com as categorias profissionais sobre a Medida Provisória nº 664, que trata de ajustes na concessão de pensão por morte e auxílio doença.

Gabas garantiu que as reivindicações da Contag, como das demais entidades de trabalhadores, serão ouvidas. Os trabalhadores da agricultura procuraram o ministro para reivindicar que seja mantida a proteção social por meio dos benefícios previdenciários.

O ministro disse que as medidas tomadas pelo governo, além de preservar a sustentabilidade do sistema previdenciário, buscam garantir o direito de todos os trabalhadores à Previdência Social. “Os benefícios estão mantidos, mas as regras de acesso precisam de ajustes”, explicou. (mais…)

Aperfeiçoamento no sistema de perícias médicas foi um dos temas da reunião

Aperfeiçoamento no sistema de perícias médicas foi um dos temas da reunião

Representantes da Federação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar do Brasil (Fetraf-Brasil/CUT) entregaram nesta terça-feira (1º) ao ministro interino da Previdência Social, Carlos Gabas, a pauta de reivindicações da X Jornada Nacional de Lutas da Agricultura Familiar e Reforma Agrária, que está sendo realizada até a próxima quinta-feira (4) em Brasília. Um dos pontos incluídos no documento é a ampliação e o aperfeiçoamento no sistema de perícias médicas.

 

Lideranças de 18 estados brasileiros ligadas à agricultura familiar vieram a Brasília discutir a pauta de reivindicações da categoria com setores do governo. Com relação às perícias médicas realizadas pelo INSS, a reclamação é que grande quantidade de pedidos de benefícios feitos pelos trabalhadores rurais estariam sendo indeferidos de maneira injustificada. Segundo o coordenador-geral da Fetraf, Marcos Rochinski, o problema maior está na dificuldade para concessão de aposentadoria por idade e por invalidez e nos auxílios-doença. A situação seria pior na concessão de benefícios às mulheres agricultoras. (mais…)

Baixar a íntegra do PrevQuestão: PrevQuestao94

A Previdência Social concedeu nos seis primeiros meses deste ano 85.901 mil benefícios rurais. No Nordeste foram 44.582 mil novos segurados. Dos nove estados, a Bahia é o que mais concede (10.489) seguido do Maranhão (9.019) e Ceará (6.670). No Brasil dos 30,5 milhões de benefícios mantidos, 8,9 milhões são rurais, o que corresponde a 20,50%. O trabalhador rural é considerado segurado especial pela Previdência Social. Os números são do Boletim Estatístico da Previdência Social (BEPS) do mês de junho.

O trabalhador rural integra uma parcela da população com mais dificuldade de acesso a informação sobre direitos e deveres previdenciários. Muitos só recebem essa orientação quando estão em situação de risco social, por incapacidade permanente, dele ou dos dependentes. Para chegar mais perto desta classe trabalhadora,  o Instituto Nacional do Seguro Social ( INSS) desenvolve por meio do Programa de Educação Previdência e do Serviço Social constantes atividades onde se orienta sobre os direitos previdenciários e os deveres. No Nordeste, os trabalhadores rurais representam uma boa parcela que vive em regime de economia familiar. Em muitos casos, principalmente na zona rural, o pagamento dos benefícios da Previdência é a principal fonte de renda familiar. (mais…)

O Programa de Educação Previdenciária (PEP) do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no Distrito Federal forneceu orientações e informações sobre os serviços e benefícios da Previdência Social a trabalhadores rurais do Distrito Federal.

Os trabalhadores rurais dos assentamentos Renascer e Terra Prometida, localizados na cidade-satélite Planaltina, receberam informações previdenciárias entre os dias 1 e 2 de abril. Além disso, o mutirão itinerante atendeu aos moradores da região do Lago Oeste, incluindo os assentamentos Chapadinha, Pequeno William e Oziel Alves, durante toda a semana passada. (mais…)

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS/AL) participa de 13 a 15 de março, do mutirão do Programa Nacional de Documentação da Trabalhora Rural (PNDTR) no município de Jacuípe (AL), em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Incra, além da Secretaria da Mulher do Governo do Estado de Alagoas. A iniciativa faz parte da programação nacional em homenagem à mulher. (mais…)

O Programa de Educação Previdenciária (PEP) do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no Distrito Federal participa de mutirão nos municípios goianos de Posse, Iaciara e Guarani. A ação, relativa ao Programa Nacional de Documentação da Mulher Trabalhadora Rural (PNDTR), começa hoje (10) e segue até sábado (15).

Conforme explica a coordenadora do Núcleo de Educação Previdenciária da Gerência-Executiva do INSS no Distrito Federal, Késia Araújo, este é último mutirão de 2012. “Neste ano, participamos de cinco mutirões em cidades dos estados de Goiás e Minas Gerais, em parceria com o Incra”, explica. (mais…)

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS/AL) participa do mutirão do Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural (PNDTR), no município de Mata Grande, no sertão alagoano, de 5 a 7 de dezembro. Os trabalhadores rurais recebem orientação sobre direitos e deveres previdenciários.

O atendimento está acontecendo no Sindicato dos Trabalhadores Rurais daquela cidade. Além de palestras, orientações e informações previdenciárias estão sendo emitidos carteira de identidade, CPF e Carteira de Trabalho. A meta do mutirão é atender uma grande parcela da população rural, com prioridade nas mulheres, mas se estende a todos que não possuem documentos. Com isso, os trabalhadores rurais podem exercer a cidadania e acessar as políticas públicas do Governo Federal. (mais…)

Clique na imagem para ler o Cordel

A Superintendência Regional do INSS no Nordeste e a Procuradoria Federal Especializada junto ao INSS na Paraíba lançam, nesta sexta-feira (28), a cartilha Previdência em Cordel. O evento acontece no auditório da Federação dos Trabalhadores na Agricultura – Fetag, situado na Rua Rodrigues de Aquino, nº 722, bairro de Jaguaribe, a partir das 10h.

A cartilha tem como objetivo dialogar com os trabalhadores rurais que representam 53% dos beneficiários do INSS na Paraíba. Através de uma linguagem acessível em que se utiliza da rima e do ritmo, o cordel da Previdência apresenta, de forma clara e acessível, informações importantes sobre direitos e deveres dos trabalhadores.

O lançamento da cartilha acontece integrado ao I Encontro Estadual de Jovens Trabalhadores Rurais na Paraíba, promovido pela Fetag, com expectativa de público de mais 300 pessoas. A assessora jurídica da federação, Geane Lucena, destaca que esse é um momento importante e lembra que a linguagem de cordel é apropriada e envolvente para dialogar o público rural.”O baixo índice de escolaridade no campo, muitas vezes impede que os trabalhadores rurais conheçam os seus direitos”, ressaltou. (mais…)