Médicos podem se inscrever, até sexta-feira (24), para vagas temporárias do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) nos estados do Mato Grosso e Rondônia. Os médicos poderão optar por realizar a perícia em clínicas ou consultórios particulares, nas localidades para onde forem contratados, desde que autorizados pelo gerente-executivo, que analisará a conveniência para o INSS.

Rondônia – Em Rondônia, as vagas de perito médico são para Porto Velho, Vilhena, Guajará-Mirim, Jaru, Ji-Paraná, Pimenta Bueno e Rolim de Moura. As inscrições podem ser feitas, das 8h às 12h e das 14h às 18h, no edifício sede da Gerência Executiva, situada à Rua Campos Sales, nº 3132, Bairro Olaria, Porto Velho (RO). (mais…)

Servidores do INSS visitam aldeias no Vale do Javari (AM). Foto: Divulgação/INSS

Um grupo de servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi até o Vale do Javari, localizado no extremo Oeste do estado do Amazonas, na fronteira com o Peru, para acompanhar os moradores de uma das maiores reservas indígenas do Brasil e uma das regiões com maior concentração de grupos ainda não contatados da Amazônia e do mundo.

No local, a equipe do INSS realizou 147 atendimentos. Deste total, 80 solicitações foram de salário-maternidade, três de aposentadoria e uma de pensão. Também foram elaborados três cadastros para o benefício ao deficiente da Lei Orgânica da Assistência Social (Loas), 19 cadastros para o auxílio-doença, sete orientações sobre aposentadoria e outros 34 atendimentos sobre assuntos diversos.

O mutirão de visita dos servidores do INSS fez parte das ações de Promoção dos Direitos Sociais Indígenas desenvolvidas pela Fundação Nacional do Índio (Funai) entre os dias 17 de março e 3 de abril. Foram beneficiadas as aldeias Lobo, São Meireles, Soles, Cruzeirinho e Aldeia 31, além da comunidade Palmeiras.

Os indígenas que produzem em regime de economia familiar são considerados pelo INSS como segurados especiais. Fazem parte desse grupo os agricultores que produzem em regime de economia familiar, os pescadores artesanais e os indígenas que trabalham no campo, além de cônjuges, companheiros e filhos maiores de 16 anos, desde que trabalhem com o grupo familiar. (mais…)

A pescadora de camarão, Caroline Dias da Silva, compareceu a uma Agência da Previdência Social para solicitar o seguro defeso. Foto: Divulgação INSS

A Gerência Executiva do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no Rio de Janeiro realizou o seu primeiro atendimento do seguro defeso, benefício concedido ao pescador artesanal durante o período de defeso da atividade pesqueira, quando  é proibida a pesca de algumas espécies para preservação. O seguro foi concedido no último dia 15 para a pescadora de camarão, Caroline Dias da Silva.

A pescadora  procurou uma Agência da Previdência Social  no Rio de Janeiro e apresentou os documentos necessários à entrada do benefício .  Apesar de a atividade da pesca ser desempenha por Caroline no município de Vera Cruz, na Bahia,  a segurada  que está no Rio de Janeiro para acompanhar o tratamento de saúde da irmã pôde solicitar o defeso neste estado porque não existe restrição em relação à localidade para o atendimento previdenciário.

Os servidores do INSS que já estão capacitados para este tipo de atendimento se preparam para receber a solicitação de outros defesos, como, por exemplo, o da sardinha que acontece, no Rio de Janeiro,  de 15 de junho a 31 de julho. (mais…)

Segurada é aposentada no dia do seu aniversário de 60 anos

Dia 17 de abril de 2015. Essa data vai ficar gravada na memória da aposentada Maria Izilda de Souza Reis por um bom motivo. Ao completar 60 anos de idade, foi atendida pelo INSS em Belo Horizonte pela manhã e já saiu aposentada. A concessão de sua aposentadoria por idade no dia do seu aniversário foi uma surpresa, porque  Izilda de Souza tinha o agendamento marcado para o mês de  junho.

Coincidência ou não, ela foi incluída no trabalho desenvolvido pelas equipes da Gerência Executiva de Belo Horizonte, de otimizar o agendamento nas unidades para prestar um atendimento mais ágil e de qualidade ao cidadão.

Com aproximadamente 18 anos de contribuição previdenciária, o recebimento do benefício traz outros marcos para a faxineira, que criou os três filhos trabalhando como diarista e empregada em empresas de conservação e limpeza. “Quando perdi um filho de 17 anos, fiquei muito aborrecida e larguei o emprego fixo. E mesmo como diarista, fui orientada a continuar contribuindo”, relembra Izilda, ao afirmar que sabia que essa atitude seria fundamental para garantir seu futuro. (mais…)

O Instituto nacional do Seguro Social (INSS) publica, nesta terça-feira (14), Edital para contratação temporária de nove peritos médicos para reforçar o atendimento a segurados no interior do estado do Mato Grosso. As vagas serão destinadas para os municípios de Cáceres, Campo Verde, Colniza, Jaciara, Juara, Juína, Primavera do Leste, Rondonópolis e Tangará da Serra.

Os médicos interessados podem se inscrever, entre os dias 15 e 24 de abril, nas próprias Agências da Previdência Social (APS) onde há vagas e na sede das Gerências Executivas do INSS em Cuiabá e Sinop. Os profissionais selecionados poderão realizar as perícias médicas nas Agências  cadastradas ou em seus consultórios, desde que autorizados pelo gerente-executivo, que analisará a conveniência para o INSS . (mais…)

Segurados serão atendidos com mais conforto em Niquelândia (GO)

Os 48,5 mil habitantes das cidades goianas de Niquelândia e Colinas do Sul serão beneficiados, a partir desta segunda-feira (13), com a abertura da nova Agência da Previdência Social (APS) em Niquelândia. O endereço é Av. Brasil, lote 5, bairro Loteamento Jardim Aurora e o horário de atendimento ao público é das 8h às 14h.

Segundo a gerente-executiva do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em Anápolis, Raildete Marques de Oliveira Dias, a antiga APS (Av. Brasil, nº 151, Setor Central) funcionava em prédio alugado, sem o conforto necessário aos segurados e servidores. A nova APS, no Loteamento Jardim Aurora, possui todas as condições de acessibilidade e segurança. (mais…)

   A Gerência Executiva do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em Porto Velho abre inscrições para contratar médicos, temporariamente, para realização de perícia médica nos municípios de Porto Velho, Vilhena, Guajará-Mirim, Jaru, Ji-Paraná, Pimenta Bueno e Rolim de Moura. Os médicos poderão optar por realizar a perícia em clínicas ou consultórios particulares, nas localidades para onde foram contratados, desde que autorizados pelo gerente-executivo, que analisará a conveniência para o INSS .

O período de  inscrições vai de de 13 a 24 de abril de 2015, das 8h às 12h e das 14h às 18h, no edifício sede da Gerência Executiva, situada à Rua Campos Sales, nº 3132, Bairro Olaria, Porto Velho (RO).  Já a documentação para inscrição pode ser entregue nas Agências da Previdência Social dos municípios  previstos no edital. O Edital completo com a documentação necessária, as condições da contratação e as demais informações poderá ser obtido nas Agências da Previdência Social , nos respectivos horários de funcionamento ou pelo e-mail gexptv@inss.gov.br . (INSS/RO) (mais…)

Clique aqui e tire suas dúvidas!

Normas para a concessão do auxílio-doença e da pensão por morte, incluídas na Medida Provisória nº 664/2014 que tramita no Congresso Nacional, estão valendo desde 1º de março. Entre as regras estão o tempo mínimo de contribuição para obtenção da pensão por morte e a ampliação do prazo para o trabalhador receber o pagamento diretamente da empresa em caso de afastamento.

“As novas regras, além da preservação da sustentabilidade da Previdência Social, visam facilitar a vida do trabalhador no período de auxílio-doença; melhorar a qualidade de atendimento ao segurado; alinhar a legislação brasileira às melhores práticas internacionais de Previdência Social; e coibir abusos na concessão dos benefícios”, comenta o ministro da Previdência Social, Carlos Eduardo Gabas. Para mais informações, clique aqui.

Seguro Defeso – As novas regras (Decreto nº 8.424 e nº 8.425) para a concessão do Seguro Defeso – benefício pago ao pescador artesanal que trabalha individualmente ou em regime de economia familiar – estão valendo desde o dia 1º de abril. O Seguro Defeso é um benefício temporário, no valor de um salário mínimo, pago durante o período em que as atividades de pesca são paralisadas para possibilitar a preservação das espécies.

Entre outros, o objetivo dos decretos, previstos na MP 665 que tramita no Congresso Nacional – é tornar mais claro o enquadramento para fins de concessão do benefício, diferenciando, entre outras medidas, aqueles que vivem exclusivamente da pesca daqueles que também exercem outras atividades profissionais. Para mais detalhes clique aqui.

 

INSS leva atendimento à região com a maior concentração de grupos ainda não contatados da Amazônia. Foto: Ester Maia/Funai

Uma das maiores reservas indígenas do Brasil e a região com maior concentração de grupos ainda não contatados da Amazônia e do mundo será visitada por técnicos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Eles integram as ações de Promoção dos Direitos Sociais Indígenas desenvolvidas pela Fundação Nacional do Índio (Funai) no Vale do Javari, na selva amazônica, entre os dias 17 de março e 3 de abril.

O Vale do Rio Javari está localizado no extremo Oeste do Estado do Amazonas, na fronteira com o Peru. Serão atendidas as aldeias Lobo (povo indígena Mayuruna/Matsés), às margenas do Rio Jaquirana, e Vida Nova (povo indígena Marubo), no Rio Ituí. Também haverá atendimento na cidade de Atalaia do Norte, nos dias 4 e 5 de abril, para indígenas de outras calhas. (mais…)

Ação atenderá ribeirinhos dos estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul

Populações ribeirinhas que habitam a calha do Rio Paraguai e são praticamente isoladas durante todo o ano serão beneficiadas com uma ação de cidadania a partir desta segunda-feira (9), com a participação do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Só assim terão acesso mais fácil a benefícios previdenciários, documentos civis e ações de saúde.

Além do INSS, participam profissionais de saúde, Receita Federal e órgãos dos Estados do Mato Grosso do Sul e do Mato Grosso, como Secretaria de Segurança Pública, Defensoria Pública e Cartório Eleitoral, por exemplo.

Segundo a chefe do Serviço de Benefícios da Gerência-Executiva do INSS em Campo Grande, Amanda Kuibida, a região pantaneira fica alagada mesmo em época de estiagem, o que dificulta a movimentação dos ribeirinhos em busca de direitos básicos. A ação é coordenada pela Associação de Juízes Federais. Os técnicos partem no dia 9 de março da Base Naval da Marinha do Brasil em Ladário (MS), a bordo do navio Albatroz.

As primeiras localidades visitadas serão Jatobazinho (MS), entre os dias 11 e 12 de março, e Paraguai-Mirim (MS), nos dias 14 e 15. Logo após o Albatroz aporta em Barra do São Lourenço (MT), onde permanece nos dias 17 e 18 de março, e Santo Antônio das Lendas (MT), onde a população será atendida nos dias 22 e 23 de março.

Ação do INSS – Os servidores do INSS irão orientar a população da região a respeito dos seus direitos previdenciários e conceder benefícios a quem tem direito. O reconhecimento de direitos dos segurados será possível com a instalação de uma antena pelo Ministério das Comunicações, que conectará os microcomputadores via satélite.