O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) inicia os depósitos da folha de março para quem recebe acima do mínimo a partir desta terça-feira (1º). Na data, será liberado o pagamento para os segurados que possuem cartão com final 1 e 6, desconsiderando-se o dígito. Os segurados que recebem até o piso previdenciário- um salário mínimo – e possuem cartão final 6 também podem sacar o benefício amanhã.

A folha de março vai pagar mais de 31 milhões de benefícios em todo o país transferindo mais e R$ 29 bilhões para economias dos municípios brasileiros.

Cronograma – Os segurados do INSS podem acompanhar o calendário de pagamentos de 2014 pelo site da Previdência Social. Basta acessar o ícone “Tabela de Pagamento de Benefícios de 2014” e seguir as datas de depósito. Cartazes (foto) com o cronograma também foram distribuídos à rede bancária e às Agências de Previdência Social.

Dúvidas sobre as datas do pagamento também podem ser esclarecidas com os operadores da Central 135. A ligação é gratuita a partir de telefones fixos ou públicos e tem custo de chamada local, quando feita de celular. (Ligia Borges)

 

 

 

Pagamento de março será depositado até o dia 7 de abril

Da Redação (Brasília) – O pagamento da folha de março dos segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) tem início na próxima terça-feira (25). Os depósitos começam a ser liberados nessa data para quem recebe até um salário mínimo e possui cartão com final 1, desconsiderando-se o dígito. Para quem recebe acima do mínimo, o pagamento começa a ser depositado no dia 1º de abril. O pagamento de março será concluído no dia 7 de abril.

A folha de pagamento do INSS paga atualmente mais de 31 milhões de benefícios e injeta na economia do país mais de R$ 28 bilhões todos os meses. Clique aqui para conferir a data do pagamento do seu benefício.  Observe o número final do seu cartão, excluindo o dígito.

Extrato -  O Extrato de Pagamento de Benefícios já está disponível para consulta dos segurados nos terminais de autoatendimento dos bancos pagadores. A consulta ao extrato permite ao segurado visualizar o valor do pagamento dos benefícios. O serviço é decorrente do contrato firmado entre o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e as instituições financeiras que pagam, todos os meses, mais de 31 milhões de benefícios.

A consulta do extrato  pode ser feita também no site da Previdência Social. Basta acessar a Agência Eletrônica Segurado e  clicar em Extrato de Pagamento de Benefício (clique aqui para acessá-lo) e imprimi-lo. Os segurados conseguem apenas visualizar o extrato do mês corrente, caso precisem das informações dos meses anteriores devem comparecer a uma Agência de Previdência Social.

Informações para a Imprensa

Ligia Borges

(61) 2021-5779

Ascom/MPS

Baixar Arquivo: Calendário de Pagamento de Benefícios 2014 (2 MB)

 

 

Os depósitos da primeira parcela do 13º salário para os segurados da Previdência Social começam na próxima segunda-feira (26) juntamente com o pagamento da folha de agosto que segue até o dia 6 de setembro.  No total  são 26.196.031 de benefícios  creditados com o 13º salário, o que corresponde a um investimento de R$ 12.622.664.629,42 com o pagamento da primeira parcela da gratificação natalina. A folha de agosto vai pagar 30.760.500 de benefícios o que corresponde a um investimento de R$  39.321.599.374,11. Essa diferença entre a quantidade de benefícios da folha e o número de benefícios do abono ocorre porque nem todos os segurados  têm direito a receber 13º.

A primeira parcela do abono, de 50% do valor do 13º, representa uma injeção extra de R$ 3.604.178.940,04 na economia de São Paulo com o pagamento de 6.094.433 benefícios. Em Minas Gerais, o investimento foi de R$ 1.368.473.842,99 com o pagamento de 3.017.965 benefícios. Clique aqui e saiba quanto será o valor e a quantidade injetados na economia de cada estado com o pagamento do 13º.

Não haverá desconto de Imposto de Renda (IR) nesta primeira parcela. De acordo com a legislação, o IR sobre o 13º só é cobrado em novembro e dezembro, quando será paga a segunda parcela da gratificação natalina.

Calendário- Os depósitos começam nesta segunda-feira para os segurados que recebem até um salário mínimo e possuem cartão com final 1, descontando-se o dígito. Os segurados que recebem acima do mínimo terão seus benefícios creditados,  a partir do dia 2 de setembro.

 Valor da antecipação – Aposentados e pensionistas, em sua maioria, receberão 50% do valor do benefício. A exceção é para quem passou a receber o benefício depois de janeiro. Neste caso, o valor será calculado proporcionalmente.

Os segurados que estão em auxílio-doença também recebem uma parcela menor que os 50%. Como esse benefício é temporário, o INSS calcula a antecipação proporcional ao período. Por exemplo, um benefício iniciado em janeiro e ainda em vigor em agosto terá o 13º terceiro salário calculado sobre oito meses. O segurado receberá, portanto, metade deste valor. Em dezembro, caso ainda esteja afastado, o segurado irá receber o restante. Se tiver alta antes, o valor será calculado até o mês em que o benefício vigorar e acrescido ao último pagamento do benefício.

Não recebem – Por lei, os segurados que recebem benefícios Assistenciais (LOAS) não têm direito ao 13º salário, que corresponde a cerca de 4,1 milhão de benefícios.

Histórico- A primeira antecipação do 13º dos aposentados do INSS foi em 2006, resultado de acordo firmado entre o governo e as entidades representativas de aposentados e pensionistas. O acordo estabelecia que a antecipação ocorresse até 2010. O governo, atendendo à reivindicação dos aposentados, manteve a antecipação este ano, colaborando, também, para o aquecimento da economia. (Ligia Borges e Silvia Pacheco).

Baixar Arquivo: Primeira Parcela 13º 2013 por estado

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

 

Tempo de áudio – 45seg

 

LOC/REPÓRTER: Começa hoje o pagamento aos aposentados e pensionistas do INSS que ganham acima do salário mínimo. Nesta segunda-feira, recebem os segurados que tem cartão com final um e seis. Também continua o pagamento para aqueles que recebem até o mínimo. Na folha de pagamento de junho, a Previdência Social investiu 26 bilhões e seiscentos mil reais para pagar os benefícios de mais de 30 milhões de segurados, sendo vinte e um milhões e seiscentos mil do setor urbano e quase nove milhões de segurados rurais. Para tirar dúvidas sobre as datas de pagamento, acesse www.previdencia.gov.br ou ligue 135.

 
De Brasília, Rafael Toscano

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) inicia os depósitos da folha de maio para quem recebe acima do mínimo, a partir desta segunda-feira (3). Nesta data, recebem os benefícios aqueles segurados que ganham acima do salário mínimo e possuem cartão com final 1 e 6. Na segunda, o instituto credita também os benefícios para aqueles que recebem até um salário mínimo e possuem cartão com final 6. Clique aqui para acessar o calendário de pagamentos do INSS 2013.

Em ambos os casos o último dígito do cartão deve ser desconsiderado. Os depósitos da folha de maio serão creditados até o dia 7 de junho. Qualquer dúvida em relação às datas pode ser esclarecida por meio da Central 135.

Investimento - Neste mês, o INSS investiu R$ 26.537.087.166,81 no pagamento de 30.489.621 benefícios na folha de maio. Mais de R$ 21 bilhões foram destinados ao pagamento de 21.595.300 benefícios aos segurados urbanos e mais de R$ 5,3 bi no pagamento de 8.894.321 aos segurados rurais. (mais…)

Os segurados que recebem o salário mínimo e aqueles que recebem acima do mínimo e possuem cartão com final 1 e 6, desconsiderando-se o dígito, terão seus benefícios creditados nesta segunda-feira (1º). Clique aqui e confira as datas do pagamento da folha de março.

Extrato- O Extrato de Pagamento de Benefícios já está disponível para consulta dos segurados nos terminais de autoatendimento dos bancos pagadores. A consulta ao extrato permite ao segurado visualizar o valor do pagamento dos benefícios. O serviço é decorrente do contrato firmado entre o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e as instituições financeiras que pagam, todos os meses, mais de 30 milhões de benefícios. (mais…)

O pagamento da folha de março dos segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) tem início nesta sexta-feira (22). Os depósitos começam a ser liberados nessa data para quem recebe até um salário mínimo e possui cartão com final 1, desconsiderando-se o dígito. Para quem recebe acima do mínimo, os depósitos têm início no dia 1º de abril. A folha de março segue até o dia 5 de abril. Clique aqui para acessar o calendário de pagamentos do INSS 2013. (mais…)

Da Redação (Brasília)- O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) investiu R$ 26.178.976.199,49 no pagamento de 30.088.537 benefícios aos seus segurados, na folha de janeiro. Deste total, R$ 20.822.458.353,29 refere-se aos depósitos de 21.278.826 benefícios dos segurados da área urbana e R$ 5.356.517.846,20 é o valor investido no pagamento de 8.809.711 benefícios rurais. A folha de janeiro termina de ser creditada nesta quinta-feira (7). Nesta data, recebem o pagamento os segurados que possuem cartão com final 5 e 0, desconsiderando-se o dígito.

Nesta competência, os segurados receberam seus benefícios atualizados pelos índices de correção. Assim, aqueles que ganham um salário mínimo estão recebendo o valor do benefício reajustado, ou seja, R$ 678 (mínimo vigente). Já os segurados que recebem acima do mínimo, estão recebendo os benefícios com o reajuste de 6,20%, conforme atualização do INPC, medido pelo IBGE. (mais…)

O pagamento da folha de janeiro dos segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começa nesta sexta-feira (25). Os benefícios estarão disponíveis normalmente também para os segurados que recebem em São Paulo, apesar de ser feriado na capital paulista, devido ao aniversário da cidade. Nesse caso, eles podem retirar o benefício nos terminais de atendimento eletrônico.

Os depósitos começam a ser liberados hoje para quem recebe até um salário mínimo e possui cartão com final 1, desconsiderando-se o dígito. Para quem recebe acima do mínimo, os depósitos têm início no dia 1º de fevereiro. A folha de janeiro segue até o dia 7 de fevereiro. Nesta folha de janeiro, os segurados que ganham um salário mínimo vão receber o valor do benefício reajustado, ou seja, R$ 678 (mínimo vigente). Já os segurados que recebem acima do mínimo, recebem os benefícios com o reajuste de 6,20%, conforme atualização do INPC, medido pelo IBGE. (mais…)