Para saber o tempo que já tem de contribuição o trabalhador pode simular a contagem, na página do Ministério da Previdência Social

A aposentadoria por tempo de contribuição no Regime Geral de Previdência Social (RGPS) não exige comprovação de idade mínima, sendo necessário apenas que o trabalhador contribua durante 35 anos, no caso dos homens, e 30, mulheres. Porém com o fator previdenciário, instituído pela Lei 9.876 de 1999, o valor a ser recebido poderá variar.

A aposentadoria por tempo de contribuição pode ser integral ou proporcional. Para ter direito à aposentadoria integral, o homem deve comprovar pelo menos 35 anos de contribuição e a mulher, 30 anos. Para requerer a aposentadoria proporcional, o trabalhador tem que combinar dois requisitos: tempo de contribuição e idade mínima. (mais…)

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) investiu R$ 6.434.026.092,16 no pagamento de 30.364.978 benefícios na folha de abril. Mais de R$ 21 bilhões foram destinados ao pagamento de 21.502.281 benefícios aos segurados urbanos e mais de R$ 5,3 bi no pagamento de 8.862.697 aos segurados rurais.

Os depósitos da folha de abril seguem até o dia 8 de maio. Os segurados que recebem o salário mínimo e aqueles que recebem acima do mínimo e possuem cartão com final 2 e 7, desconsiderando-se o dígito, terão seus benefícios creditados nesta hoje (3). Clique aqui e confira as datas do pagamento da folha de abril.

Extrato- O Extrato de Pagamento de Benefícios já está disponível para consulta dos segurados nos terminais de autoatendimento dos bancos pagadores. A consulta ao extrato permite ao segurado visualizar o valor do pagamento dos benefícios. O serviço é decorrente do contrato firmado entre o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e as instituições financeiras que pagam, todos os meses, mais de 30 milhões de benefícios.

A consulta do extrato pode ser feita também no site da Previdência Social. Basta acessar a Agência Eletrônica Segurado e fazer a consulta. Os segurados conseguem apenas visualizar o extrato do mês corrente, caso precisem das informações dos meses anteriores devem comparecer a uma Agência de Previdência Social. (Ligia Borges)

A partir desta quinta-feira (2), os trabalhadores e segurados abrangidos pelo Acordo de Previdência Social entre o Brasil e Alemanha já podem solicitar a concessão de benefícios nas Agências da Previdência Social. Entenda, agora, como pedir os benefícios.

No Brasil, o interessado deve ligar na Central 135 e agendar comparecimento a qualquer agência da Agência da Previdência Social (APS) e, munido da documentação necessária, informar que se trata de solicitação no âmbito do acordo previdenciário Brasil-Alemanha.

É a APS de preferência do segurado que será responsável pelo envio da documentação para a APS Atendimento Acordos Internacionais Florianópolis (APSAIFL), que é a agência detentora da competência da gestão do acordo.

Na Alemanha, os beneficiados pelo acordo devem dirigir-se a quaisquer das instituições de seguro responsáveis pela operacionalização dos sistemas previdenciários alemães. (mais…)

A Previdência Social divulga o resultado do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) do mês de março, quando houve uma necessidade de financiamento R$ 5 bilhões. Os números são do fluxo de caixa do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), com a arrecadação e despesa com benefícios. Os dados mostram as duas clientelas da Previdência: urbana (empregados, domésticos, contribuintes individuais, facultativos) e rural (empregados rurais, trabalhadores rurais que produzem em regime de economia familiar, pescador artesanal e índio que exerce atividade rural).

No setor urbano, março de 2013 fechou com superávit de R$ 478,7 milhões – resultado de uma arrecadação de R$ 22,2 bilhões e despesa com pagamento de benefícios de R$ 21,7 bilhões. Os valores levam em conta o pagamento das sentenças judiciais e a Compensação Previdenciária (Comprev) entre o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e os regimes próprios de Previdência Social (RPPS) de estados e municípios. Em relação ao mesmo mês do ano passado, a arrecadação teve queda de 5,1% e a despesa, aumento de 8,8%.

 Rural – A arrecadação no setor rural cresceu 4,2% em relação a março de 2012. Foram arrecadados R$ 483,5 milhões – R$ 19,4 milhões a mais que no mesmo mês do ano passado.

 Já a despesa com o pagamento de benefícios foi de R$ 6 bilhões – crescimento de 3,6% se comparado a março de 2012.

 A diferença entre arrecadação e despesa gerou necessidade de financiamento para o setor rural de R$ 5,5 bilhões – 3,6% mais que no mesmo mês do ano passado.

 Agregado – Considerando-se as duas clientelas (urbano e rural), o resultado de março de 2013 ficou negativo em R$ 5 bilhões – diferença entre arrecadação de R$ 22,7 bilhões e despesa de R$ 27,7 bilhões. A necessidade de financiamento é 165,9% maior que a registrada em março de 2012. (mais…)

Para informações sobre a Previdência Social ligue 135

Devido ao feriado pelo Dia Mundial do Trabalho, a Central 135 vai funcionar nesta quarta-feira (1) somente para atendimento eletrônico. As Agências da Previdência Social também não terão expediente no feriado. Já o atendimento pela internet não sofrerá qualquer alteração.

Durante o feriado, o usuário pode utilizar o portal da Previdência Social (www.previdencia.gov.br), que funcionará normalmente. Na Agência Eletrônica, o segurado pode agendar atendimento nas agências para requerer benefícios ou outros serviços previdenciários, fazer simulações e obter informações.

Na quinta-feira (2), a Central 135 volta a atender normalmente, das 7h às 22h, mas com. A ligação para o canal remoto é gratuita, se feita de um telefone fixo, e tem o custo de uma chamada local, se feita de celular. Aos domingos, o canal funciona apenas para atendimento eletrônico.

O calendário de pagamento do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) será interrompido nesta quarta-feira (1º) devido ao feriado pelo Dia Mundial do Trabalho. Os segurados que recebem o salário mínimo e aqueles que recebem acima do mínimo e possuem cartão com final 1 e 6, desconsiderando-se o dígito, terão seus benefícios creditados na quinta-feira(2). Clique aqui e confira as datas do pagamento da folha de abril.

Extrato- O Extrato de Pagamento de Benefícios já está disponível para consulta dos segurados nos terminais de autoatendimento dos bancos pagadores. A consulta ao extrato permite ao segurado visualizar o valor do pagamento dos benefícios. O serviço é decorrente do contrato firmado entre o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e as instituições financeiras que pagam, todos os meses, mais de 30 milhões de benefícios. (mais…)

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Tempo de áudio – 2,17 min

O gerente Flávio Souza (E) em atendimento em ação conjunta do PEP do INSS e da Supervia. Foto: Claudio Ribeiro

LOC/REPÓRTER: A Gerência-Executiva Centro do INSS no Rio de Janeiro promoveu nesta segunda e terça-feira, na Central do Brasil, um mutirão de atendimento em homenagem ao Dia Trabalhador. A iniciativa – realizada em parceria pelo Programa de Educação Previdenciária,o PEP, e a Supervia, a concessionária de trens urbanos do Rio de Janeiro – beneficiou nesses dois dias 1200 pessoas. Na agência da Previdência Social montada na Central do Brasil a população teve acesso a serviços como cálculo do valor de contribuição em atraso, inscrição na Previdência Social, além de tira dúvidas  Os interessados não precisaram agendar o atendimento, que foi feito por ordem de chegada.

Nós conversamos com o gerente do INSS do Rio Centro, Flávio Souza, que falou à Rádio Previdência sobre as principais demandas da população nesses dois dias de mutirão.

TEC/SONORA: Gerente do INSS do Rio Centro, Flávio Souza

As principais demandas foram relacionadas à aposentadoria, principalmente no que diz respeito ao tempo de contribuição e a simulação desse tempo. Foi também muito demandado o acesso ao Cadastro Nacional de Informações Sociais para que a pessoa tenha controle do que está sendo pago e dos vínculos que estão sendo informados. Na parte também de contribuinte individual foi muito demandado: pagamentos em atraso, inscrição de trabalhadores e também muitas dúvidas das domésticas com relação às contribuições que estão sendo realizadas.

LOC/REPÓRTER O gerente destacou ainda os objetivos da ação, além das previsões para iniciativas semelhantes

TEC/SONORA: Gerente do INSS do Rio Centro, Flávio Souza

A ação tem por objetivo esclarecer a população, então é uma ação que vai se transcorrendo ao longo do ano… Tentando buscar a população e, sobretudo, conscientizar a população em educação previdenciária. Ao longo do ano vão ocorrer mais ações. Nós já temos datas definidas com outros entes, principalmente concessionárias de serviços públicos, como as barcas, como o metrô, ne?! E também em locais de fácil acesso, como praças e outros logradouros públicos de muita demanda. Em paralelo a essa ação, nós estamos estendendo também o Programa de Educação Previdenciária junto as comunidades que foram pacificadas, onde uma unidade móvel vai até essas unidades para prestar esse atendimento, esse esclarecimento, e sobretudo difundir essa cultura da educação previdenciária.

De Brasília, Ana Carolina Melo

O presidente do INSS, Lindolfo Sales, o ministro Garibaldi Filho e o vice-ministro Kenya Akiba, no encontro no MPS. Foto: JB Azevedo

O ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, reuniu-se com o vice-ministro da Saúde, Trabalho e Bem-Estar do Japão,  Kenya Akiba, nesta terça-feira (30), para tratar de questões pertinentes à operacionalização do Acordo de Previdência Social entre o Brasil e o Japão, em vigor desde 1° de março de 2012. O presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Lindolfo Neto de Oliveira Sales, e o embaixador do Japão no Brasil, Akira Miwa, participaram do encontro ocorrido no Ministério da Previdência Social, em Brasília.

Garibaldi Alves Filho afirmou que a Previdência Social do Brasil e a do Japão possuem desafios muito semelhantes e que a troca de experiências pode ser muito produtiva. Segundo o ministro, o Brasil pretende algum dia alcançar a universalização da cobertura previdenciária, que já é realidade no Japão, e que a inclusão social atual está com a atenção especial aos trabalhadores autônomos, empreendedores individuais, empregados domésticos, mulheres e donos de casa. (mais…)

Nesta terça-feira (30), industriários de Sobral (CE) vão conhecer as formas de obter cobertura da Previdência Social. A palestra compõe a comemoração do Dia do Trabalhador, 1º de Maio, e será apresentadas em três turmas de cursos de aprendizagem industrial.

Os tipos de filiação à Previdência Social, como empregado, contribuinte individual e segurado facultativo, contribuições e comprovação do vínculo para receber os benefícios previdenciários serão os tópicos apresentados aos alunos, que se preparam para assumir o primeiro emprego ou evoluir de função em indústrias da cidade. (mais…)

Marizete é uma das trabalhadoras protegidas pela Previdência Social

Não só os idosos usufruem dos benefícios da Previdência Social. Estudos do Ministério da Previdência Social mostram que a cobertura previdenciária aumentou como um todo no Brasil em 2011. O número de pessoas, com idade entre 16 e 59 anos, que estavam protegidas pela Previdência Social, chegou a 60,5 milhões. Elas faziam parte de um universo de 85,6 milhões de pessoas que se declararam ocupadas e estavam nessa mesma faixa etária. Isso significa que, de cada 10 trabalhadores, sete estavam protegidos.

A maior categoria com pessoas protegidas é a de contribuintes do Regime Geral de Previdência Social (54,4% dos ocupados com idade entre 16 e 59 anos). Se considerado o gênero, segundo  o estudo, em 2011, a proteção social era maior entre os homens (71,4%), frente às mulheres (69,7%). (mais…)