Pinheiros, localizado no norte do Espírito Santo, é o mais recente município brasileiro a contar com uma Agência da Previdência Social. A população de aproximadamente 24 mil habitantes não mais precisará percorrer os 46 quilômetros que separam a cidade da vizinha Nova Venécia para ter acesso aos serviços previdenciários. A entrega da unidade foi feita nessa segunda-feira (8) pelo ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, e pelo governador capixaba Renato Casagrande.

Essa é a sexta unidade inaugurada no estado por meio do Plano de Expansão da Rede de Atendimento (PEX). A Previdência já instalou agências novas nos municípios de Baixo Guandu, Iúna, Sooretama, São Gabriel da Palha e Mimoso do Sul. “O governo federal vem trabalhando não apenas para que a Previdência se aproxime fisicamente do cidadão, mas também está tentando criar condições para que sobretudo os brasileiros de menor renda passem a ter direito aos benefícios previdenciários”, afirmou o ministro Garibaldi Alves Filho. (mais…)

A Previdência Social divulga o resultado do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) de fevereiro de 2013, mês em que houve uma necessidade de financiamento de R$ 3,5 bilhões, 44,2% a menos do que a registrada em janeiro deste ano. O resultado é apresentado considerando as duas clientelas da Previdência: urbana (empregados, domésticos, contribuintes individuais, facultativos) e rural (empregados rurais, trabalhadores rurais que produzem em regime de economia familiar, pescador artesanal e índio que exerce atividade rural).

Em fevereiro de2013, aarrecadação no setor urbano foi de R$ 21,5 bilhões – crescimento de 9,2% em relação a fevereiro de 2012. Já a despesa com o pagamento de benefícios ficou em R$ 19,9 bilhões – crescimento de 0,4% em relação ao mesmo mês do ano passado. Os valores levam em conta o pagamento de sentenças judiciais e a Compensação Previdenciária (Comprev) entre o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e os regimes próprios de Previdência Social (RPPS) de estados e municípios.

Se comparado a janeiro de2013, adespesa teve uma queda de 6,1%. Isso se deve ao fato de que, em janeiro, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) gastou quase R$ 1 bilhão a mais no pagamento de revisões de benefícios – revisão do teto e revisão dos benefícios por incapacidade.

A diferença entre arrecadação e despesa gerou superávit de R$ 1,6 bilhão para o setor urbano. Em fevereiro de 2012, o resultado dessa clientela gerou uma necessidade de financiamento de R$ 103,4 milhões. (mais…)

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já enviou cartas aos segurados urbanos que completam as condições para se aposentar por idade em abril. A correspondência avisa ao cidadão que ele pode requerer o benefício a partir da data de seu aniversário. O lote liberado pelo INSS contém 2.275 cartas-aviso, sendo que 1.309 foram enviadas somente para mulheres.

Recebem o documento os homens que, a partir de 1º de abril, completaram 65 anos e as mulheres que completaram 60. Em ambos os casos é preciso ter 180 contribuições. O aviso traz orientações ao segurado sobre como requerer seu benefício. (mais…)

O Programa de Educação Previdenciária (PEP) do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no Distrito Federal forneceu orientações e informações sobre os serviços e benefícios da Previdência Social a trabalhadores rurais do Distrito Federal.

Os trabalhadores rurais dos assentamentos Renascer e Terra Prometida, localizados na cidade-satélite Planaltina, receberam informações previdenciárias entre os dias 1 e 2 de abril. Além disso, o mutirão itinerante atendeu aos moradores da região do Lago Oeste, incluindo os assentamentos Chapadinha, Pequeno William e Oziel Alves, durante toda a semana passada. (mais…)

A Secretaria de Políticas de Previdência Complementar (SPPC) do Ministério da Previdência Social vai oferecer novas turmas para o Curso de Noções Básicas em Previdência Complementar. As vagas são exclusivas para os inscritos não contemplados em 2012 pela limitação do número de vagas. Os interessados têm até a próxima segunda-feira (8) para atualizar seu cadastro. O curso é gratuito e oferecido na modalidade à distância.

Só no ano passado, no período de 24 de outubro a 1° de novembro, a SSPC recebeu mais de 1,4 mil inscrições para a capacitação. As aulas da primeira turma, formada pelos 100 primeiros inscritos, aconteceram nos meses de novembro e dezembro de 2012.

Este ano, a Secretaria vai oferecer três novas turmas do curso formadas por aproximadamente 500 alunos cada. As aulas da primeira turma têm início na segunda-feira, 15 de abril. As outras serão formadas no segundo semestre de 2013. Os inscritos vão receber um e-mail da Secretaria para realizar a atualização do cadastro. (mais…)

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) transfere mais de R$ 26,2 bilhões por meio do pagamento de 30 milhões de benefícios para segurados de todo o país. Os depósitos da folha de março seguem até o dia 5 de abril. Mais de R$ 20 bilhões será investido no pagamento de21 milhões de benefícios urbanos, enquanto R$ 5,3 bi será o valor transferido para o depósito de mais de 8 milhões de benefícios rurais.

Os segurados que recebem o salário mínimo e aqueles que recebem acima do mínimo e possuem cartão com final 2 e 7, desconsiderando-se o dígito, terão seus benefícios creditados nesta terça-feira (2). Clique aqui e confira as datas do pagamento da folha de março. (mais…)

Os segurados que recebem o salário mínimo e aqueles que recebem acima do mínimo e possuem cartão com final 1 e 6, desconsiderando-se o dígito, terão seus benefícios creditados nesta segunda-feira (1º). Clique aqui e confira as datas do pagamento da folha de março.

Extrato- O Extrato de Pagamento de Benefícios já está disponível para consulta dos segurados nos terminais de autoatendimento dos bancos pagadores. A consulta ao extrato permite ao segurado visualizar o valor do pagamento dos benefícios. O serviço é decorrente do contrato firmado entre o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e as instituições financeiras que pagam, todos os meses, mais de 30 milhões de benefícios. (mais…)

 

Qual é a idade e tempo de serviço que a mulher tem para se aposentar integralmente?
Para a aposentadoria por idade, a mulher deve comprovar a idade de 60 anos e ter pelo menos 180 contribuições mensais (15 anos) no momento do pedido de aposentadoria. Já para a aposentadoria por tempo de contribuição, a mulher precisa comprovar 30 anos de contribuição, sem limite de idade. Neste último caso, será aplicada a tabela do fator previdenciário para definição do valor do benefício.

Ministro, por que até hoje não foi regulamentada a aposentadoria especial? Os projetos de que estão tramitando para regulamentação ainda não foram aprovados. Nos casos das pessoas com deficiência com sequelas de poliomiliete pouco serão beneficiados e o governo está esperando que esses portadores morram para regulamentar esse direito? O senhor não acha uma injustiça a demora nesta regulamentação? 
A aprovação da PLP 277/05, que trata do assunto, depende da Câmara dos Deputados. Em reunião com os parlamentares no dia 26 de fevereiro de 2013, o ministro Garibaldi Alves Filho pediu aos congressistas que dêem mais atenção a projetos como o PLP 277/05. Veja a notícia completa no Blog da Previdência, pelo link http://blog.previdencia.gov.br/?p=6269. O andamento do projeto de lei citado pode ser acompanhado no site da Câmara dos Deputados.

Sou servidora pública municipal e tenho 27 anos e 8 meses de contribuição com o INSS. Se eu completar o tempo mínimo, posso me aposentar pelo INSS, pois o meu município tem previdência própria?
Informamos que, neste regime celetista, para aposentadoria, a mulher deverá comprovar 30 anos de contribuição, sem limite de idade, estando sujeita ao fator previdenciário. Entretanto, se pertence a regime próprio, deverá verificar a sua aposentadoria no setor de recursos humanos do órgão onde trabalha. (mais…)

Atendimento PREVBarco em Pauini(AM)

Depois de navegar durante 24 horas nas águas do rio Purus, partindo no dia 7, quinta-feira, do vizinho município de Boca do Acre, o PREVBarco/AM chegou ao município de Pauini, situado no sul do Amazonas, onde realizou 2.523 atendimentos durante o período de 11 a 21 de março, concluindo assim, mais uma etapa de sua primeira missão deste ano, no Amazonas.

No balanço final da ação, foram contabilizados, em Pauini, 442 requerimentos de benefícios, além de 53 requerimentos de solicitações de competências não recebidas.

O PREVBarco é a unidade móvel flutuante da Gerência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em Manaus que leva aos moradores dos municípios do interior, onde não existe agência do INSS, os mesmos servidos disponibilizados nas agências convencionais, incluindo a perícia-médica e o serviço social.

A primeira missão do PREVBarco em 2013 teve início no dia 25 de fevereiro e se estenderá até o dia 4 de maio, quando retorna a Manaus, depois de atender os municípios de Boca do Acre, Pauini, Lábrea, Canutama e Tapauá, todos localizados no rio Purus. (mais…)

Para os integrantes do PEP, informar sobre a Previdência Social não tem hora nem lugar: o que vale é a missão cumprida

O atendimento da Previdência Social ao cidadão brasileiro tem sido construído ao longo dos tempos. São anos que contabilizam uma coletânea de histórias que marcam essa trajetória. Desde 2000, mais de oito milhões de pessoas foram orientadas sobre o que é benefício e quais sãos os seus direitos e os deveres constituídos.

Em um Brasil de tantas dimensões, as informações chegam das mais variadas formas e distância não é mais problema. Para os servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) são muitas histórias para contar, sempre recheadas de emoção.

A servidora Abadia Narciso Martins, da Gerência Executiva do INSS em Campo Grande (MS), disseminadora do Programa de Educação Previdenciária (PEP), lembra-se de muitas, mas uma em especial quando teve que deixar o serviço por conta de uma fratura no braço. “Não queria de jeito nenhum largar o trabalho. Ainda fiquei 16 dias trabalhando com um problema no braço, mas eu não abria mão. Estava feliz. Tiveram que me expulsar do navio. A gente ia aos lugares de trator, carroça, barco. Chegava até aquelas comunidades porque elas não conseguiam nem se deslocar até o navio da Marinha. Era muito difícil. Lá, a gente fazia palestra, ensinava aquela população sobre os direitos previdenciários”, rememora. (mais…)