PREVBarco Belém I programa 13 viagens para 2015

A Agência da Previdência Social Móvel Flutuante Belém I – o PREVBarco, zarpará no dia 1º de fevereiro para o Arquipélago do Marajó, quando atenderá a população da cidade de Moju, distante de Belém oito horas de viagem fluvial. O período de viagem será de 2 a 6 de fevereiro, cumprindo o cronograma previsto para 2015, quando deverá realizar 13 viagens.

A novidade, este ano, foi a inclusão de outras localidades no itinerário como a Vila de Maiauatá, às proximidades do município de Igarapé-Miri, que receberá o PREVBarco de 9 a 13 de fevereiro. O retorno para Belém será dia 14 de fevereiro, totalizando 15 dias de viagem e 22 horas de movimentação fluvial.

A alteração no cronograma e a inclusão de novas rotas deve-se a previsão de inauguração de Agências fixas, em 2015, em algumas localidades, conforme o Programa de Expansão da Rede de Atendimento (PEX). O município do Arquipélago do Marajó de São Sebastião da Boa Vista saiu desse roteiro do PREVBarco, em outubro de 2013, com a inauguração da agência no local. (mais…)

Virgínia diz que sua mãe sempre incentivou os filhos a contribuir para o INSS

“Reservar um dia do valor de faxina para pagar o INSS” é o conselho da mineira Virgínia Ferreira de Oliveira, que sempre pergunta às colegas de trabalho se estão contribuindo para o INSS. Com 55 anos de idade, a faxineira, que atualmente é funcionária de uma entidade sindical em Belo Horizonte, sabe bem como é importante contribuir para a Previdência Social. Passou a maior parte de sua vida trabalhando em casas de família, como doméstica ou diarista e, em muitas delas, não tinha carteira assinada. “Mas não esqueci de contribuir com os carnezinhos. Graças a isso, quando precisei do INSS, não tive problemas”, conta.

Virgínia se lembra de quando, em 2009, esteve em uma agência do INSS, para requerer o benefício de auxílio-doença. Ela estava com a mão quebrada e o braço engessado. “Entreguei os documentos para o perito médico, que consultou o sistema e disse que estava tudo certo. Que era para eu esperar em casa a correspondência avisando sobre o auxílio-doença”, relata. A segurada recorda que já recorreu ao INSS em outras ocasiões, como quando quebrou o pé, além de ter utilizado o salário-maternidade. (mais…)

Tempo de áudio-3 min e 2 seg

LOC/REPÓRTER: Durante as festividades em comemoração aos 92 anos da Previdência Social, a nova  presidente do INSS,  Elisete Berchiol , disse que uma das prioridades em sua gestão será  reforçar o atendimento ao público nas quase 1.500 agências espalhadas por todo o Brasil.

TEC/SONORA: Presidente do INSS, Elisete Berchiol.

A prioridade é dar continuidade ao trabalho que já vem sendo desenvolvido nos últimos anos,  de aperfeiçoar o nosso atendimento,  de agilizar e cada vez mais atender o nosso cidadão, nosso segurado, com hora agendada. Que ele vá para a agência com a documentação toda organizada,  quando  for necessário,  e a gente possa resolver com muita agilidade e muita eficiência o seu pedido,  e seu requerimento. Nós temos que avançar em ferramentas em estratégias e  em sistemas que nos ajudem a   reforçar o atendimento ,  e aprimorar , para que a gente não tenha  a penalização do nosso segurado com essa demora. Muito foi feito, muitas agências hoje  estão espalhadas pelo país.  Ainda temos que reformar muitas unidades, mas eu confio muito na estratégia lançada pelo ministro Gabas, de aperfeiçoar o sistema, de aprimorar e usar a tecnologia da informação,  para que a gente tenha mais  facilidade e um alcance maior no atendimento ao nosso cidadão,  e que ele possa ir na agência quando for necessário,  com dia e horário marcado.” (mais…)

A segurada Ida Figueira Bessa completa 92 anos no próximo dia 24 de janeiro, dia em que a Previdência Social também comemora a mesma idade.

A segurada da Previdência Social Ida Figueira Bessa foi homenageda, nesta quarta-feira, recebendo um presente do Secretário-Executivo, Marcelo de Siqueira Freitas. Foto: Erasmo Salomão

Nesta mesma data também será celebrado o Dia Nacional do Aposentado. Para festejar as datas e representar os beneficiários da Previdência,  dona Ida foi homenageada  na manhã desta quarta-feira (21) na sede do Ministério da Previdência, em Brasília, com “Parabéns” e bolo de aniversário. Muito feliz a segurada agradeceu emocionada. “É uma alegria estar aqui. Não esperava tudo isso”, comemora.

Dona Ida é pensionista da Previdência Social desde 2008. Seu esposo sempre trabalhou como vigilante em Brasília. Em 1990, o marido se aposentou e o casal resolveu levar uma vida mais tranquila. Foram de mudança para Jesúpolis, em Goiás, cidade natal do marido e onde a segurada mora até hoje.

Dona Ida conta que antes de casar “trabalhou fora”, mas nunca contribuiu para a Previdência Social. Mãe de sete filhos, a pensionista disse que depois de casada se dedicou a cuidar da casa e dos filhos, “que já era muito trabalho”.

Hoje, a segurada mora com um filho e os outros estão em Brasília e São Paulo.  Mas Dona Ida fez questão de contar que a aposentadoria que o marido recebia ajudou muito a família. “Com a aposentadoria do meu esposo, alimentamos nossos filhos”, comentou.

Em 2015, completa 25 anos que a Previdência Social paga o benefício ao casal Bessa. Seu esposo foi aposentado por 18 anos. Como pensionista, Dona Ida já recebe o benefício há 7 anos. “A Previdência me ajudou e me ajuda até hoje. Sobrevivo deste benefício”, afirmou a segurada. (mais…)

Previdência Social mais perto do cidadão

Mais de 385 mil pessoas das regiões Norte e Centro-Oeste foram beneficiadas, em 2014, com a inauguração de mais nove Agências da Previdência Social (APS).  Segundo o superintendente da Regional Norte/Centro-Oeste, André Fidelis, a política da instituição é aumentar constantemente a capilaridade da Previdência Social, de forma a aproximar o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) do cidadão, como também aperfeiçoar os serviços prestados aos brasileiros.

O dirigente ressalta que, agora, a área de abrangência da Superintendência Regional Norte/Centro-Oeste (SR-V) conta com 256 APS em 10 estados. Elas são administradas por meio de 17 Gerências-Executivas (Gex), com seis mil servidores. (mais…)

População ribeirinha é atendida pelo PREVBarco - Unidade Móvel da Previdência Social. Foto: Jorge Fausto

Mais de 12,2 mil atendimentos foram realizados, em 2014, pela unidade móvel flutuante (PREVBarco) ligada à Gerência-Executiva do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em Santarém (PA). Foram atendidas comunidades ribeirinhas nas calhas dos rios Amazonas, Tapajós, Xingu, Arapiuns, Nhamundá, Ururá e Trombetas.

 

O PREVBarco realizou nove viagens para as localidades de Vila Curuai, Vila Socorro, São Miguel, São Pedro, Monte Alegre, Óbidos, Juruti, Faro, Terra Santa, Cachoeira Porteira, Oriximiná, Boa Vista do Cuçari, Santa Maria do Uruará, Senador José Porfírio, Almeirim, Prainha, Aveiro, Brasília Legal, Parauá e Boim. (mais…)

No próximo dia 24 de janeiro a Previdência Social Brasileira completa 92 anos. Entre os dias 19 e 24 de janeiro, considerada a Semana da Previdência, os servidores do INSS de dos Estados da Região Norte/Centro-Oeste decidiram comemorar a data, levando informações sobre os benefícios e serviços da Previdência Social para a população.

Participam dessas ações servidores do Programa de Educação Previdenciária (PEP), Comunicação Social, Centro de Formação e Aperfeiçoamento do INSS (CFAI), Reabilitação Profissional, bem como servidores das sedes das Gerências-Executivas do INSS e das Agências da Previdência Social (APS). (mais…)

Tempo de aúdio: 1 min e 58 seg

LOC/REPÓRTER: No dia 24 de janeiro, a Previdência Social completa 92 anos. São muitas conquistas ao longo dessa história e muitos desafios para o futuro. Um grande marco na história da Previdência foi a criação da Central 135. A Central registrou 56 milhões de chamadas em 2014.

O funcionamento do canal de atendimento junto com o agendamento eletrônico permitiu ao segurado marcar dia e hora para ser atendido – sem sair de casa – colocando fim às longas filas nas portas das agências espalhadas por todo o país. Hoje, a Central 135 realiza, em média, 4,7 milhões de atendimentos por mês. Entre os serviços mais procurados pelos cidadãos que ligam para o 135, estão a procura por informações gerais sobre: a situação do benefício, o preenchimento da guia de pagamento, a data da perícia agendada, entre outros serviços.

As demais demandas requeridas pelos cidadãos se referem à marcação de perícia, à inscrição na Previdência Social, a manifestações junto à Ouvidoria-Geral da Previdência Social, além de outros serviços, como emissão de certidões e atualização de endereço. A Central 135 funciona, de segunda a sábado, das 8h às 23h nos estados que adotaram o horário de verão. Nas demais localidades, o horário de atendimento é de 7h da manhã às 22h. A ligação para o 135 é gratuita, se feita de telefone fixo, e tem o custo de chamada local, se realizada de celular. Aos domingos, a Central 135 funciona apenas para o atendimento eletrônico.

 

De Brasília, Rafael Toscano

 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A Previdência Social comemora 92 anos no dia 24 de janeiro. Cerca de 32,1 milhões de benefícios são pagos todos os meses, o que representa 29,8 bilhões de reais.

Em comemoração ao aniversário, durante a semana de 19 a 23 de janeiro,  serão promovidos diferentes eventos para a população, na sede do Ministério da Previdência Social, localizada na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. (mais…)

Sueli e Osvaldo se preparam para a futura aposentadoria

“Não deixe de contribuir. Quem não está trabalhando registrado, dê um jeito, pague por conta própria, porque lá na frente vai fazer falta.” Este é o conselho que a segurada Sueli Teresinha Tonete, de 54 anos, dá aos filhos e conhecidos.

Sueli esteve na Agência da Previdência Social XV de Novembro, em Curitiba, para acompanhar o marido, Osvaldo Hundzinski, de 64 anos, que precisava encerrar sua inscrição como Empresário na Previdência Social para poder começar a contribuir em outra categoria.

O casal é um exemplo de planejamento e cuidado com o próprio futuro e da família: preocupados em estarem protegidos para os momentos de adversidade e para a velhice, apesar dos períodos financeiramente difíceis, conseguiram voltar a contribuir para o INSS  e assim garantir o direito aos benefícios previdenciários. (mais…)