Edgar de Albuquerque Parras, da Divisão de Informações Gerenciais, acompanha o trabalho de operadora em treinamento (Foto: Claudius Vinícius Rodrigues da Silva)

Servidores da Ouvidoria-Geral da Previdência Social estão, desde 27 de junho, realizando o treinamento de quarenta operadores de tele atendimento da terceira unidade da Central 135, recentemente inaugurada em Palmas (TO) e composta por 1,2 mil operadores. (mais…)

Encontro de gerações: aposentadoria dos mais velhos costuma ser socializada na aldeia

De sonhos destruídos, se fez a luta de 20 anos dos Guarani pela reconquista do Território Indígena Morro dos Cavalos no município de Palhoça, na Grande Florianópolis (SC). Por isso, a passagem do Dia Internacional dos Povos Indígenas, no dia 9 de agosto, é motivo de alegria redobrada para essa comunidade: “o povo do sol” comemora a recém-homologação, pela Presidência da República, de uma área de 1.956 hectares entre a Serra do Tabuleiro e o mar, onde pretende reconstruir um mundo Guarani de verdade, como o dos ancestrais.  O primeiro passo nesse caminho de esperanças é recuperar a tradição de agricultura de subsistência nas terras à margem da BR-101. Contidos em uma área íngreme e pedregosa , os Guarani foram durante todos esses anos afastados do cultivo da terra e obrigados a sobreviver do artesanato, de doações e da aposentadoria que os mais idosos recebem como segurados especiais. (mais…)

O Serviço Social foi implantado no Ministério da Previdência Social, no ano de 1994, e passou por diversas etapas, até sua reestruturação no ano de 2009, com a realização de concurso público para o cargo de Analista do Seguro Social, na função de assistente social.

A ampliação da força de trabalho dessa categoria profissional, no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), trouxe uma mudança qualitativa na  forma do relacionamento com a população que necessita dos serviços da instituição.  Assim, a atuação das assistentes  sociais vem colaborando para o fortalecimneto do trabalho de inclusão social dos cidadãos e segurados da Previdência Social.

(mais…)

“Quando a gente está recebendo auxílio-doença, acredita que está numa zona de conforto e acha que o melhor é se aposentar. Mas, na verdade,

A segurada Júnia Luciene Soares passou pelo programa de reabilitação e já voltou para o mercado de trabalho. Foto: INSS/MG

A segurada Júnia Luciene Soares passou pelo programa de reabilitação e já voltou para o mercado de trabalho. Foto: INSS/MG

a gente está perdendo algo que é nosso, o direito de crescer e sonhar”. Estudante de Direito e auxiliar de vendas de uma instituição financeira multinacional, a segurada Júnia Luciene Soares voltou ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em Belo Horizonte, para contar as mudanças que transformaram sua vida para melhor, depois de passar pelo programa de Reabilitação Profissional (RP) do instituto .

A segurada costuma contar a sua história de vida para que a sua experiência sirva de estímulo para outros segurados voltarem ao mercado de trabalho. Mas até chegar a esse quadro, Júnia enfrentou dificuldades e incertezas. No final de 2008, apresentava uma suspeita de trombose linfedema na perna esquerda. Uma doença crônica que se manifesta pelo acúmulo de líquido e alterações nos tecidos, ocasionados por uma insuficiência da circulação linfática. A situação se agravava a cada dia, pois Júnia trabalhava como balconista num pequeno comércio e passava a maior parte do tempo em pé.

Com isso, teve que se afastar do trabalho por um longo período, recebendo o auxílio-doença previdenciário. Com a indicação dos médicos-peritos da Agência da Previdência Social Padre Eustáquio, que acompanhavam o caso, a segurada foi incluída no programa de RP da mesma agência. “Antes de iniciar, não estava certa de que o programa me ajudaria de fato. Ouvia muitas histórias de outros segurados de que eu não deveria aceitar e insistir em ser aposentada por invalidez”, relatou Junia Soares. (mais…)

Acordo terá duração de 5 anos (Foto: Nicolas Gomes)

O Ministério da Previdência Social (MPS) e o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) renovaram dois acordos de cooperação técnica com a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (CONTAG). O primeiro permite que as entidades vinculadas à CONTAG realizem a inscrição do segurado especial e a Declaração Anual de Atividade Rural na página da Previdência Social (www.previdencia.gov.br).

Por meio do módulo disponibilizado no site, a entidade representativa, no caso a CONTAG, inscreve o segurado especial na Previdência Social e realiza a manutenção do cadastro, atualizando informações como vínculos, tipos de atividade desempenhada, categoria e demais informações sobre a atividade rural do segurado.

(mais…)

Tempo de àudio- 2,09min

LOC/REPÓRTER: Foi publicado, nesta terça-feira, 5 de agosto, o decreto assinado pela presidenta da República, Dilma Rousseff, e pelos ministros da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho e da Fazenda, Guido Mantega, que antecipa o pagamento de metade do valor do 13º salário dos aposentados e pensionistas do INSS. A parcela virá já com o pagamento dos benefícios da folha de agosto, que será paga entre os dias 25 de agosto e 5 de setembro.

Serão contemplados com a antecipação mais de 27 milhões de benefícios em todo o país. Essa primeira parcela de 50% do valor do 13º, representa uma injeção extra na economia de mais de treze bilhões e meio de reais nos meses de agosto e setembro. O ministro da Previdência, Garibaldi Alves Filho, destacou a importância da medida:

TEC/SONORA – Ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho.

Eu acho que isso é uma conquista. Isso nós devemos encarar como uma conquista dos aposentados e pensionistas que através de seus sindicatos nas reuniões que são realizadas aqui neste Ministério no CNPS sempre se mostram vigilantes no sentido que isso possa ser feito. Desde 2006, que o Governo tem sido sensível e é uma das preocupações que nós temos é assegurar os recursos junto ao Ministério do Planejamento e da Fazenda que também muito sensíveis compreendem a importância que tem o pagamento antecipado do 13°.

LOC/REPÓRTER: No pagamento desta primeira parcela não haverá desconto de Imposto de Renda. De acordo com a legislação, o Imposto de Renda sobre o 13º só é cobrado nos meses de novembro e dezembro, quando é paga a segunda parcela da gratificação natalina. O extrato mensal de pagamento dos aposentados e pensionistas do INSS vai estar disponível na página do Ministério da Previdência Social na internet a partir do dia 25 de agosto. O endereço é www.previdencia.gov.br.

De Brasília, Ana Carolina Melo

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

(mais…)

O secretário de Políticas de Previdência Social, Benedito Brunca, falou à Rádio Previdência sobre o acordo previdenciário entre Brasil e Canadá, que começa a vigorar nesta sexta-feira (1º). O acordo prevê a soma dos períodos de contribuição realizados nos dois países, além do deslocamento temporário. Mais de 36 mil brasileiros que residem no Canadá serão beneficiados, assim como os canadenses que vivem no Brasil.

O acordo contempla os benefícios de aposentadoria por idade, pensão por morte e aposentadoria por invalidez e abrange tanto os contribuintes do Regime Geral de Previdência Social – gerido pelo INSS – quanto os dos Regimes Próprios de Servidores Públicos.

Além do Canadá, o Brasil mantém acordos previdenciários com a Alemanha, Cabo Verde, Chile, Espanha, Grécia, Itália, Japão, Luxemburgo E Portugal.

Acompanhe a íntegra da entrevista com secretário de Políticas de Previdência Social, Benedito Brunca, sobre o acordo:

Tempo de áudio- 8min e 40 seg

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Tempo de áudio- 54 seg

LOC/REPÓRTER: A folha de pagamentos de julho do INSS transferiu mais de 29 bilhões de reais para o pagamento de 31 milhões e setecentos mil benefícios para aposentados e pensionistas de todo o país.

Os depósitos do mês de julho começaram a ser liberados no último dia 25.  Neste dia primeiro de agosto o instituto credita os benefícios dos segurados que possuem cartão com final 1 e 6, desconsiderando-se o dígito. O pagamento da folha de março ocorre até o dia 7 de agosto.

Os segurados do INSS podem acompanhar o calendário de pagamentos pelo site da Previdência Social. Basta acessar o ícone Tabela de Pagamento de Benefícios de 2014 no endereço www.previdencia.gov.br.

Dúvidas sobre as datas do pagamento também podem ser esclarecidas com os operadores da Central 135. A ligação é gratuita a partir de telefones fixos ou públicos e tem custo de chamada local, quando feita de celular.

De Brasília, Ana Carolina Melo

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Toda a equipe do Departamento dos Regimes de Previdência no Serviço Público (DRPSP) participa do workshop Alinhamento e Desdobramento da

Equipe da SPPS realiza balanço do andamento das oito ações estratégicas do Plano de Ação de 2014. Foto: Rafael Toscano

Estratégia, que ocorre nesta sexta-feira (1º), no Ministério da Previdência Social, em Brasília. Além do diretor do DRPSP, Narlon Gutierre Nogueira, coordena a reunião o secretário de Políticas de Previdência Social, Benedito Adalberto Brunca.

 

No turno da manhã, foi realizado balanço do andamento das oito ações estratégicas (três projetos e cinco atividades) do Plano de Ação de 2014. No turno da tarde, a equipe será divida em grupos de trabalho que proporão ações estratégicas que farão parte do Plano de Ação de 2015. É a primeira vez que toda a equipe do DRPSP se reúne para discutir o planejamento estratégico no âmbito da Diretoria, que faz parte do Plano de Ação Integrado da Previdência Social.

 

“Para nós, é uma forma de integrar a equipe e envolvê-la no planejamento, para que construção se dê de forma conjunta. Fica mais fácil para cada colaborador entender que o trabalho específico que ele realiza é parte de um objetivo maior, que no nosso caso está mais diretamente relacionado à sustentabilidade dos regimes de previdência no serviço público”, esclareceu o diretor Narlon Nogueira, acrescentando que “em última instância, o impacto é no resultado da Previdência Social como um todo”. (Rafael Toscano)