Sueli e Osvaldo se preparam para a futura aposentadoria

“Não deixe de contribuir. Quem não está trabalhando registrado, dê um jeito, pague por conta própria, porque lá na frente vai fazer falta.” Este é o conselho que a segurada Sueli Teresinha Tonete, de 54 anos, dá aos filhos e conhecidos.

Sueli esteve na Agência da Previdência Social XV de Novembro, em Curitiba, para acompanhar o marido, Osvaldo Hundzinski, de 64 anos, que precisava encerrar sua inscrição como Empresário na Previdência Social para poder começar a contribuir em outra categoria.

O casal é um exemplo de planejamento e cuidado com o próprio futuro e da família: preocupados em estarem protegidos para os momentos de adversidade e para a velhice, apesar dos períodos financeiramente difíceis, conseguiram voltar a contribuir para o INSS  e assim garantir o direito aos benefícios previdenciários. (mais…)

Tempo de áudio- 1 min e 15 seg

LOC/REPÓRTER: A partir desta quarta-feira ,14 de janeiro, entra em vigor uma das novas regras para a concessão de pensão por morte. Agora, para ter direito ao benefício, será necessário comprovar dois anos de casamento ou união estável com cônjuge ou companheiro.A norma não vale para o segurado que falecer em decorrência de acidente. Nesse caso, o benefício será concedido independentemente do tempo de união.

Outra exceção é o caso de o cônjuge ou companheiro, depois do casamento ou da união estável, ficar inválido. Nessa situação, o benefício também será concedido independentemente do tempo juntos. Também começa a valer neste 14 de janeiro, a exigência de comprovação de dois anos de casamento ou união estável para a concessão do auxílio-reclusão.

Já está em vigor, desde o último dia 30 de dezembro, outra mudança na lei, a que proíbe o recebimento de pensão pelo dependente que tenha matado o segurado gerador do benefício. Assim, o dependente condenado por homicídio doloso que tenha resultado na morte do segurado, não receberá a pensão a que teria direito. As informações completas sobre as mudanças estão no portal www.previdencia.gov.br

De Brasília, Renata Brumano

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

LOC/REPÓRTER – O prazo para pagamento da contribuição previdenciária, referente ao mês de dezembro, de segurados individuais, facultativos – inclusive os de baixa renda – e empregadores domésticos vence na próxima quinta-feira, dia 15 de janeiro. Os segurados que não pagarem as contribuições até a data do vencimento terão que recolher a contribuição com multa diária de 0,33%. Os juros são regidos pela taxa Selic. Como os valores recolhidos em janeiro são referentes ao mês anterior, devem ser seguidos o salário mínimo e os prazos da tabela de contribuições de 2014. Para o empreendedor individual, o prazo para recolhimento da contribuição de dezembro termina no próximo dia 20 de janeiro. A tabela de contribuições de 2014 está disponível no Portal da Previdência Social, na internet, em www.previdencia.gov.br .

De Brasília,

Rafael Toscano

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

LOC/REPÓRTER

A partir de 1º de janeiro de 2015, os segurados da Previdência Social que recebem acima do salário mínimo terão o benefício reajustado em 6,23%. O índice foi divulgado, nesta segunda-feira, em portaria conjunta dos ministérios da Previdência Social e da Fazenda. Em 2014, quase 10 milhões de segurados tinham benefícios acima do piso.

O teto do salário-de-contribuição e do salário-de-benefício passa de R$ 4.390,24 para R$ 4.663,75.

A portaria também estabeleceu as novas alíquotas de contribuição do INSS dos trabalhadores empregados, domésticos e trabalhadores avulsos. Para conferir os valores, acesse o portal da previdência na internet: www.previdencia.gov.br.

A cota do salário-família também mudou. Passa a ser de R$ 37,18 para quem recebe até R$ 725,02. Para o segurado com remuneração superior a R$ 725,02 e igual ou menor a R$ 1.089,72 passa a ser de R$ 26,20.

Já o auxílio-reclusão será devido aos dependentes do segurado cujo salário-de-contribuição seja igual ou inferior a R$ 1.089,72.

Para ler todo o conteúdo da portaria e acessar a tabela de contribuição, acesse www.previdencia.gov.br.

 

De Brasília, Renata Brumano

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Fanpage no Facebook já possui mais de 42 mil curtidas

Fanpage no Facebook já possui mais de 42 mil curtidas

Os segurados da Previdência Social vão continuar acompanhando as ações da Previdência pelas redes sociais em 2015. Além do portal na internet, os perfis da Previdência continuam sendo atualizados com informações, notícias e serviços, diariamente. Com linguagem acessível e conteúdos integrados por meio do compartilhamento de vídeos, áudios e fotos, as redes sociais têm sido utilizadas pelos cidadãos como um canal para esclarecerecimento de dúvidas relacionadas aos benefícios previdenciários.

O Blog da Previdência (http://blog.previdencia.gov.br/) apresenta, por meio de  linguagem simples e acessível, as principais notícias sobre a Previdência Social e o Instituto Nacional do Seguro Social ( INSS). São informações sobre inaugurações de agências, pagamentos, ações regionais do INSS , história de segurados da Previdência Social, entre outras pautas. A plataforma também permite o acesso à Rádio Web Previdência e à TV Previdência.

O Twitter (@MinPrevidencia) é uma boa alternativa para se manter informado sobre a Previdência Social de forma rápida e objetiva. Ao longo do dia, são twitados os principais assuntos de interesse dos segurados. Por lá, é possível acompanhar o que foi destaque no portal e o que de mais importante aconteceu na Previdência. Tudo simples e rápido.

Outra ferramenta de comunicação da Previdência Social é o Facebook (https://www.facebook.com/ministeriodaprevidenciasocial). A fanpage já foi curtida por mais de 42 mil internautas. O principal público é formado por pessoas com idades entre 25 e 34 anos. No mural da Previdência, fotos e vídeos ilustram as informações, além do espaço sempre aberto para sugestões, opiniões ou esclarecimento de dúvidas. Caso o segurado precise enviar dados pessoais, pode utilizar a ferramenta de mensagem (in box) e garantir a privacidade do contato. (mais…)

Foto: Portal Brasil

Em sua participação no Face to Face do Portal Brasil, desta quarta-feira (7), o novo ministro da Previdência, Carlos Eduardo Gabas, destacou que as mudanças na concessão de benefícios trabalhistas e previdenciários anunciadas pelo governo na semana passada têm como objetivo corrigir  distorções e não reduzir direitos dos trabalhadores.

Gabas deixou isso claro ao responder a internauta Eunice Bailoni Beliz, que questionou o ministro acerca de boatos sobre o fim da pensão por morte para o cônjuge viúvo:

Eu posso garantir que a pensão por morte está mantida ao cônjuge viúvo ou viúva. A Previdência Social é, na sua essência, um mecanismo de proteção aos trabalhadores e suas famílias. Jamais faltaremos com o nosso compromisso, especialmente numa hora difícil como essa,” destacou.

Para explicar a importância da medida que altera as regras das pensões, Gabas deu o exemplo de um idoso ou idosa de 100 anos que se casa com um jovem de 20 anos de idade: “Isso significa que, após a morte do idoso, esta pessoa jovem receberia um benefício até o fim da vida, possivelmente mais 80 anos. E sabe quem pagaria isso? Você e todos os brasileiros”. Segundo o ministro, exemplos como esse deixam claro como as novas propostas anunciadas pelo Governo tornam a Previdência brasileira mais justa e equilibrada. (mais…)

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Tempo de áudio – 1min58seg

(mais…)

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Tempo de áudio – 2min48seg

LOC/REPÓRTER: O novo ministro da Previdência Social, Carlos Eduardo Gabas, assumiu o cargo, em cerimônia na manhã desta sexta-feira, em Brasília. Ele era secretário-executivo da Previdência desde 2011 e comandará a pasta no lugar de Garibaldi Alves Filho. Servidor de carreira do INSS, Carlos Eduardo Gabas foi o primeiro servidor do Instituto a se tornar ministro da Previdência. Ele ocupou o cargo de 31 de março de 2010 a 3 de janeiro de 2011. Durante o discurso, Gabas garantiu que sua gestão não reduzirá direitos dos trabalhadores.

TEC/SONORA: Ministro da Previdência Social, Carlos Eduardo Gabas

“Eu quero dizer a vocês que nós da Previdência Social não reduziremos direitos. Nos não deixaremos de atender à sociedade. As medidas que foram anunciadas, que vão para o Congresso Nacional, nós entendemos que elas têm um caráter de organizar, de acordo esse cenário, o acesso aos direitos, que serão todos mantidos. O que nós temos são algumas distorções, que já havíamos discutido com as centrais, com a sociedade organizada, que precisam ser corrigidas e nós corrigiremos essas distorções para a manutenção, para a sustentabilidade da Previdência Social”. (mais…)

Empreendedora Individual, Maria Núbia Ferreira Lima , vende tapioca no Ceará. Foto Fábio Lima /Sebrae

Empreendedora Individual, Maria Núbia Ferreira Lima , vende tapioca no Ceará. Foto Fábio Lima /Sebrae


Segundo dados da Receita Federal, no último dia 20 de dezembro, o número de empreendedores individuais cadastrados chegou a 4.648.290.  O trabalhador que formaliza seu empreendimento passa a ter direito a uma série de benefícios fiscais e previdenciários. É o caso da tapioqueira cearense Maria Núbia Ferreira Lima (foto) que montou o próprio negócio e passou a vender tapiocas em um ponto comercial  do Ceará.

Por ser uma empreendedora formalizada, a tapioqueira tem direito a uma série de benefícios da Previdência Social ,  aposentadoria por idade, aposentadoria por invalidez, auxílio-doença, salário-maternidade.  A família do trabalhadorcadastrado ainda tem direito à pensão por morte e ao auxílio-reclusão.

Para ser considerado um empreendedor  individual, o trabalhador que  atua por conta própria deve possuir faturamento bruto por ano de até R$ 60 mil. (mais…)

Desde a última sexta-feira (19),  Santa Catarina é o primeiro estado do país  a alimentar o Sistema Nacional de Informações de Registro Civil (SIRC),

Autoridades participam da cerimonia de assinatura do protocolo de cooperação para insituir o SIRC, em Santa Catarina. Foto: Gustavo de Paula/ACS-SC

desenvolvido pela Dataprev e instituído pelo Decreto n. 8.270, de 26 de junho de 2014. Na prática, a nova base única de dados do Governo Federal ficará responsável pelo  armazenamento dos registros de nascimentos, casamentos, óbitos e natimortos , dificultando assim a falsificação de documentos além de  coibir o tráfico e a exploração sexual de crianças e adolescentes. O novo sistema vai evitar que a Previdência Social faça o pagamento indevido de benefícios, ajudando  a prevenir fraudes contra as instituições públicas, o comércio e o sistema bancário.

Realizado a cada meia hora, de forma automática, o envio de informações ao SIRC ocorre por meio do Selo Digital, criado pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC). Hoje, os 583 cartórios de registro civil do estado não emitem qualquer certidão eletrônica sem acessar o programa para gerar o código que garante autenticidade ao documento. (mais…)