Centro de Referência melhora a vida de reabilitados em Capinzal/SC

9 de dezembro de 2015 | Postado por leticia.barbosa em Galeria de Fotos | Notícias

Centro de Atendimento em Reabilitação Profissional, Fisioterapêutico e Estratégias de Saúde da Família (CARPE) atende cidadãos do oeste catarinense. Foto: ACS/SC

Seis municípios atendidos pela Agência da Previdência Social de Capinzal, no oeste de Santa Catarina, comemoram os benefícios da implantação do Centro de Atendimento em Reabilitação Profissional, Fisioterapêutico e Estratégias de Saúde da Família (CARPE). O centro erguido em Capinzal alcança, potencialmente, 1.200 segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que venham a precisar de serviços de reabilitação. Em pouco mais de um mês de funcionamento, estão em atendimento 75 trabalhadores acidentados ou vítimas de doenças ocupacionais encaminhados pela perícia médica do INSS.

Depois de passar pela avaliação de uma equipe multiprofissional, coordenada pela Reabilitação Profissional (RP) da Gerência-Executiva do INSS em Chapecó, os segurados têm a seu dispor serviços de psiquiatria, ortopedia, fisioterapia, terapia ocupacional, clínica geral, academia para reabilitação e piscina terapêutica – todos reunidos no mesmo prédio. A obra, no valor de R$ 2,4 milhões, foi realizada com recursos do Ministério Público do Trabalho através de uma ação civil pública denominada Termo de Ajuste de Conduta (TAC), acordada com a Empresa BRF pela ocorrência de doenças ocupacionais e acidentes do trabalho.  

O funcionamento do complexo foi viabilizado por uma Cooperação Técnica entre o INSS (representado pela Gerência de Chapecó), a unidade de Capinzal da BRF S.A, os sindicatos dos Trabalhadores das Indústrias de Carnes e Derivados, a Indústria de Alimentação e Afins de Capinzal (Sindcadezal), o Senai e o Sesi, além das prefeituras dos municípios de Capinzal, Ouro, Zortéa, Ipira, Lacerdópolis e Piratuba. A gerente-executiva em Chapecó, Teresinha Correa Schlindwein salientou a importância das parceriais multiinstitucionais para viabilizar uma iniciativa como esta, que responde com qualidade às demandas dos segurados na área.

Localizado no Loteamento Lar dos Imóveis, o CARPE entrou em operação no dia 15 de outubro, após uma capacitação de uma semana com todos os 11 membros da equipe multiprofissional. Para que pudessem iniciar o atendimento com segurança, eles foram treinados pelos técnicos da Reabilitação do INSS em Chapecó. O INSS também oferece o serviço de assistência social, que presta atendimento a, no mínimo, 20 pessoas por semana. Além do assistente social e do perito médico do INSS, compõem a equipe duas fisioterapeutas, uma psicóloga, um terapeuta ocupacional, um educador físico, uma secretária, um vigilante e um responsável pelos serviços gerais. Os oito profissionais são cedidos pelos órgãos parceiros.

Dividindo um prédio grande e moderno com a Secretaria de Saúde do Município e o Posto de Saúde da Família, o centro ocupa aproximadamente mil metros quadrados com 15 salas exclusivas e próprias para atendimento, avaliação e tratamentos especializados. O trabalho inicia com a indicação do segurado para reabilitação pelo perito médico. Em seguida, ele ingressa no Programa de Reabilitação e faz uma avaliação com o assistente social, que aponta o melhor encaminhamento para sua readaptação. De acordo com suas limitações físicas, habilidades e instrução, ele pode ser direcionado para diferentes formas de tratamento e cursos de profissionalização custeados pelo INSS ou oferecidos por parceiros do programa. O Carpe também financia próteses e órteses de alto nível para os amputados.

O processo continua com o acompanhamento da reinserção do beneficiário no antigo ou novo posto de trabalho. Durante um período de 30 dias, a equipe monitora o segurado na nova função. Ao final, ele recebe um certificado que vale para vagas reservadas para empresas com mais de cem funcionários. “Temos recebido um retorno entusiasmado dos trabalhadores atendidos, afirmando que sentem muita segurança no tratamento integrado e, como resultado, declaram-se encorajados a retornar à atividade”, conta o assistente social do INSS Marcelo Marques, de Caçador, que vai duas vezes por semana à Capinzal, onde permanece por dois dias para atender os pacientes do centro. (Raquel Wandelli – ACS/SC)

Print Friendly
Be Sociable, Share!

Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0 You can skip to the end and leave a response. Pinging is currently not allowed.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>